30 de set de 2011

Aurora

Não suporto quando você adormece e me deixa em devaneios

Fico a olhar cada detalhe do seu rosto e apesar da serenidade, ainda prefiro você acordado, rindo com os olhos radiando seu brilho natural...

Gostaria apenas nesta noite calada que você despertasse dessa inércia e me abraçasse

ausência e presença num mesmo contexto

Adormeço...