13 de jun de 2009

8 de jun de 2009

O Despertar de um Sentimento




A noite caiu e o sono não vem
Penso em você cada dia mais.
Isso me dá medo...
Medo de te perder.
Perder o companheiro, perder as risadas que só dou com você.
Perder a espontaneidade de ser realmente quem eu sou,
Perder de vista o olhar que reflete em minha direção.
Mas principalmente perder o
AMIGO

As vezes acho que você sente minha falta,
Ao mesmo tempo sinto medo de estar errada.
Penso muitas vezes em tirar você de mim,
Esquecer de tudo, ter amnésia...
Isso tudo para tirar você do meu ímpeto
Para não sofrer.

Agora a madrugada se esvaia .
E um outro eu desperta e sussurra
que é impossível tirá-lo da minha vida.

O sono já não me preocupa mais...
Sem você fico fazia
Fico sem alguém pra me mostrar o mundo,
Apresentar-me a vida
Dizer que vale a pena.

Meu pensar está em turbilhões...
Não sei o que se passa dentro de nossas almas
Você é uma incógnita
E eu uma exclamação



Mari Bernun

******************O Título****************



Era mais uma noite em que escrevia minhas poesias...
Palavras soltas
com algum significado.
A cada palavra as estrofes iam se complementando
e a cada estrofe a poesia ganhava vida.

Chegado ao final o pensar é todo para o título.
Com a tv ligada, o computador no colo e a luz apagada
tento pensar no que acabara de escrever.

Desligo a tv para me concentrar
olho para o pc e tento pensar.
A reflexão é longa mas
as palavras não concluem o contexto das estrofes
E então ligo o som.
porém o pensamento não vem...


Deito na minha cama com um leve zumbido de mpb ao fundo
Olho para a tela ofuscante...
Palavras soltas de um ser pensante
Missão cumprida posso dormir.


Mari Bernun